Viajando pelo Mississipi (via Sahara) com Faris, o musico por entre dois mundos

Djodje

Conhecido como um dos novos expoentes do Desert Blues Rock, Faris e mais uma das figuras deste estilo perpetuado por nomes como Tinawiren e Ali Farka Toure. Vindo das castas sonoras do Blues dos Tuaregs e tendo Hendrix e Led Zeppelin como referencias do mundo ocidental, Faris, filho de pai italiano e mae tuareg, lancou seu primeiro trabalho em 2011 com o titulo de “Imeslan N Essouf” acompanhado dos seus amigos Terakaft do Mali. Tendo feito fama pelo continente negro ao participar do mitico (e badalado) Festival in the Desert no Mali, Faris com a sua abordagem hibrida que mistura as influencias do Ocidente e dos desertos africanos acabaria por ser convidado em 2014 pela editora francesa Reaktion para lancar um disco inspirado no Blues americano com influencias das sonoridades Tuareg e do chamado Assouf. Aceitando o desafio e tendo no bolso 12 electrizantes temas, Faris trouxe ao mundo em 2015 o album “Mississipi to Sahara” num trabalho bem acolhido pela critica e que o blog Feedback tem o prazer de compartilhar com os seus visitantes…

a0030367069_10Depois do Mississipi e do Sahara, Faris aporta no blog Feedback

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s