Do Cluster “berdiano” para o Crust dos Cluster Bomb Unit no segmento “Minute Punk”

"Minute Punk"

Refutando categoricamente todos os enganadores “bonés” que a concorrência do CV Mix, do ProMetal, da Oposição e da Situação têm tentado associar à pessoa do escriba da mão esquerda e não confirmando (e nem desmentindo) que a ausência da emissão do programa Feedback se deve a um regime de concentração intensivo que El Ditador e restante cúpula subversiva têm feito na fria Rui Vaz nos últimos 3 meses visando a entrada no concurso Estrela Pop da TCV, Feedback, o blog que não tem nada a ver com isso, retorna aos ja celebres e mal amados “posts gota a gota semanais” com o famigerado segmento “Minute Punk”. Não tendo também nada a ver com o Cluster do Mar “berdiano”, que nas últimas semanas tem vindo (infelizmente…) a ser invadido por lanchas voadoras e “canetadas” Parker “dede na oi” e “pé na estome” na nossa já parca comunidade de Thunnus, Feedback e seu minúsculo staff, confessos apreciadores de um bom caldo de peixe e esmoregal, saem da culinária nacional em vias de extinção para entrar no mundo das iguarias cheias de colestrol da terra de Angela Merkel, dos práticos Volkswagen e dos “bazofos” Porshe para conhecer os punks corrosivos classe média baixa alemã dos Cluster Bomb Unit.

Cluster Bomb Unit e a capa de Cd que Gilyto e Nelson Freitas sempre sonharam ter…

Formados em 1989 na pacata vila de Elbenschwand – que como sabido fica a 46 km a sul de Wurtemberg e a 21 km a oeste de Dahlenwarsleben – os Cluster Bomb Unit aterram sem avisar (e com muito ruido) com seu Crust devorador no segmento mais anárquico da blogosfera cabo-verdiana. Com diversos álbuns pouco “ouviveis” (inspirados nos ultra ruidosos Extreme Noise Terror) que certamente nunca chegarão um dia a ser vendidos no Sucupira e nem na Harmonia, estes apologistas de tudo o que é “Cluster” contramão – quer seja no Mar, na Terra, no Ar e no Além-mar – segundo informações imprecisas de Reporter X encontram-se em vias de assinar um “Contrato Promessa” para a sua vinda a Cabo Verde não para a difusão do batido Cluster das ilhas, que já virou assombração pelas bandas de Mindelo, mas sim para um concerto promovido pela CM do Tarrafal em parceria com o Feedback Eventos naquele que é um dos maiores eventos da ilha que viu nascer os Bulimundu e Fefa d’ Clarinda: falamos das festas de Santo Amaro. Enquanto O Liberal, o jornal do 1 milhão e 800 mil páginas ventoinhas vistas por mês não confirma (e nem desmente) a vinda dos especialistas do Cluster germânico, Feedback deixa para nossos “zibilhoes” de ouvintes uma pequena amostra do que os pacatos tarrafalenses terão o belo (des)prazer de desfrutar em Janeiro próximo…

Com data marcada para chegar ao CV Mix daqui a 23 sabados, os Cluster Bomb Unit deixam antes a sua pesada marca com o tema “Primitive und Agressiv” no blog com gosto musical “+ – duvidoso” de Cabo Verde

Tendo aceitado o novo K.M.C.F (Kit Manipulacao de Consciencia Feedback) composto por 34 kg de sandes de Thunnus, 26 garrafas da melhor Supirinha Galeano 12 Anos, 70 kg de brita, 145 kg de areia e 292 kg de cimento, os Cluster Bomb Unit foram vistos na Indonesia preparando-se para assaltar o Nhu Santo Amaro com o melhor do Cluster germanico… 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s