Num Sábado sem Rock em Cabo Verde, os Porno For Pyros chegam ao Feedback no segmento “Mas afinal quem são…”

Djodje

Fruto das mentes criativas de Perry Farrell (vocalista dos Janes Addiction) e seus dois amigos Peter DiStefano e Martyn Leblone, os norte-americanos Porno For Pyros foram outra das boas bandas no cenário do Rock alternativo a aparecer na 1ª metade da década de 90 com uma sonoridade variando pelo Hard Rock, Funk, Jazz e Rock experimental.

Porno For Pyros

Banda que teve seu 1º álbum homónimo lançado em 1993 após o término dos Janes Addiction, os Porno For Pyros só viriam a atrair a atenção da mídia e do público alternativo em 1996 com o lançamento de seu segundo álbum “Good Gods urge” que viria a demarcar-se para muitos da sonoridade dos Janes Addiction. Trabalho inspirado pelas vivências de Perry Farrell pela Indonésia, onde além de muito incenso, comida javenesa e surf nas horas pelas ondas de Bali e Uluwatu o bom Farrell também aproveitou para escrever algumas músicas, o álbum “Good God´s urge” veio a trazer “viajantes” e harmoniosas as composições como “Kimberly Austin”, “100 ways” ou “Wishing well” que rapidamente atraíram os fãs “zen” do Rock.

Porno For Pyros trazendo para o único blog de Rock cabo-verdiano a bonita “Pets”

 Apesar do bom sucesso deste álbum, que contou com a colaboração das 4 cordas do baixista Flea dos globais Red Hot Chili Peppers, a história dos Porno For Pyros viria a ser marcada pela saída em 1997 de Leblone para outros projectos musicais e o abandono de DiStefano deste projecto por causa de problemas de saúde, o que fez com que seu líder Perry Farrell desse por findado os Porno For Pyros para tristeza de seus fãs, como este roqueiro que vos escreve. Com esta banda em estado de “hibernação sonora” por quase 14 anos, não faltando de quando em vez boatos do retorno dos Porno For Pyros, só resta mesmo recordar os P.F.P com um singelo post dedicado a uma das mais híbridas (e subestimadas) bandas do Rock da década de 90…

Porno For Pyros numa apresentação mais “familiar” (e menos controversa) não no Woodstock, mas sim no programa 120 Minutes com o tema “Kimberly Austin” 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s