Puddle Of Mudd, mais uma banda que não vem ao Festival da Gambôa, no blog Feedback

Uncategorized

Cá está uma banda que teria entrada obrigatória no Festival da Gambôa deste ano se eu realmente tinha alguma influência “weedesco” sobre os punks Tober e Ulisses. Puddle Of Mudd, banda de Kansas City, post-Grunge, como quem diz depois dos Nirvana e Alice In Chains, seus inspiradores, com mais de sete milhões de álbuns vendidos (inclusive na terra do Funaná) liderados pelo cabelo amarelo de Wes Scantlin, quanto a mim uma das melhores bandas do género, depois de Cobain e companhia. Como a utopia é mesmo uma utopia, contentamo-nos, enquanto não ganharmos a CMP, falo do M.P.C.V, com um “live” via You Tube. No entanto, na terra real, é beber uma bejeca ao som do Gil Semedo e desfrutar do bom charuto gosto sandes de atum trazida na bagagem de El Ditador…

“Control” do segundo álbum “Come clean” (2001) dedicado a todos os que não estão nada “clean” na Kapital

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s